domingo, 17 de maio de 2009

UMA NOVA CPI Ações da Petrobrás deverão cair

O governo Tentou até a meia-noite desta sexta-feira (16/05) impedir a instalação da CPI da Petrobras, mas só conseguiu convencer apenas dois senadores – Cristovam Buarque (PDT-DF) e Adelmir Santana (DEM-DF) Que com medo de represálias do governo,  retirarem suas assinaturas do requerimento antes do horário-limite. e Com isso, 31 parlamentares apoiaram a medida e a oposição, comandada pelo PSDB, alcançou seu objetivo de investigar denúncias de sonegação de impostos na estatal e supostas irregularidades no repasse de royalties a prefeituras, além da suspeita de superfaturamento na obra da refinaria de Abreu e Lima, da petrobrás em Pernambuco. 

O requerimento deverá publicado no Diário Oficial do Senado, e cada partido terá um prazo para indicar os integrantes da comissão. Caso não haja definição sobre quem será indicado, caberá ao presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), escolher os nomes. 

A insistência da oposição em investigar a Petrobras irritou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ontem, ele afirmou que o pedido da CPI era uma “manobra de "Pirataria" da oposição, na qual os senadores tucanos teriam se comportado como numa “briga de adolescentes”. Em nota, o PSDB rebateu: “irresponsável é não fiscalizar a Petrobras.”

Um comentário:

ROSA SONHADORA disse...

Muito bem meu doce anjo, parabens, esta muito bom mesmo, alias como tudo que vc posta.